• 08:00 - 09:00

Credenciamento

Workshop Manhã
  • 09:00 - 12:30

WORKSHOP A - Peculiaridades e Novidades do Compliance Financeiro

• Responsabilidade dos Gestores, Administradores e officers em relação a temas de Compliance;
• As recentes operações da Polícia Federal e o Compliance Financeiro;
• Processo de revisão das regras da CVM para combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo;
• Gestão de Terceiros e em Investidas com base na Lei de Lavagem de Dinheiro e na Lei Anticorrupção


Baixar apresentações
  • 09:00 - 12:30

WORKSHOP B - Os riscos de compliance para a área de saúde e os trend topics de 2017

A área de saúde no Brasil traz riscos muito relevantes de compliance e neste workshop serão discutidos de forma prática temas afetos e cotidianos das empresas atuantes no segmento de cuidados à saúde, incluindo:

• A auto-regulamentação do setor, impactos e interações com as autoridades e normas legais aplicáveis ao setor;
• Dinâmica de revisão e aprovação de materiais promocionais;
• Gestão e regulação das atividades promocionais, incluindo brindes, patrocínios, mini-meetings, etc;
• Desenvolvimento de atividades não promocionais (ex. advisory boards): cuidados e preocupações;
• Comunicações médicas e científicas;
• Relacionamento com associações de pacientes;
• Serviços de consultoria envolvendo HCPs;
• Atividades educacionais, grants e desenvolvimento científico;
• Declaração de relacionamento com HCPs; o caso de MG; Sunshine Act.


Baixar apresentações
  • 09:00 - 12:30

WORKSHOP C - Workshop de Risk Assessment

De nada adianta um programa de compliance sem uma avalição de risco bem feita. O risk assessment é considerado um dos principais pilares de um programa de compliance. Essa avaliação deve ser conduzida e revisada regularmente, deve ser baseada aos riscos inerentes às práticas de suborno e corrupção, bem como demais políticas existentes, como conflito de interesses, lobby, doações, cortesias comerciais, interação governamental, etc. Por definição, a avaliação deve ser realizada em todos os aspectos comerciais e operacionais das empresas, levando em consideração o ecossistema em que atua, o tamanho da empresa, o grau de comprometimento de parceiros, terceiros e fornecedores, bem como outras circunstâncias relevantes. A avaliação de riscos deve medir a probabilidade e gravidade de possíveis violações e deve identificar ações mitigantes, inclusive novas políticas e procedimentos. Esse workshop abordará na pratica esse tema tão relevante e fornecerá Templates entre outros documentos suportes para serem customizados e integrados ao programa.


Baixar apresentações
  • 09:00 - 12:30

WORKSHOP G - Workshop do Compliance Immersion

A LEC realizou nos dias 14 e 15 de janeiro o primeiro Compliance Immersion, e alcancou um resultado extremamente satisfatorio. Como forma de trazer essa experiencia para os participantes do congresso, desenvolvemos esse workshop do Compliance Immersion. O Compliance Immersion foi Idealizado a princípio para os alunos do Curso de Compliance Anticorrupção Online, e como o nome já diz, é uma verdadeira imersão no universo do Compliance, com aulas praticas e debates sobre alguns dos principais temas de compliance, com a participação de diversos compliance experts da LEC. E, ainda, os participantes terão a oportunidade de desempenhar algumas das funções que fazem parte do dia a dia de um compliance officer, em workshops especialmente desenvolvidos para o evento. Se você precisa implementar ou aperfeiçoar um programa de compliance, este workshop foi feito especialmente para você.


CONTROLES INTERNOS E MONITORAMENTO
GESTÃO DE TERCEIROS

Baixar apresentações
  • 09:00 - 12:30

WORKSHOP I - Compliance nas empresas estatais e no poder público

Em decorrência do cenário conturbado que atingiu a confiança dos investidores no Brasil recentemente, em especial, nas sociedades de economia mista abertas, foi necessário buscar formas de diminuir as incertezas que cercam a gestão, a divulgação de informações e a relação com empresas privadas. Nesse diapasão, tanto a BM&FBOVESPA - B3, com o seu voluntário Programa Destaque em Governança de Estatais, como com a lei 13.303/2016 podem ser consideradas como marcos para uma nova forma de gestão para empresas públicas e de economia mista brasileiras. No cenário dos governos federal, estadual e municipal, como de partidos políticos, também muito se discute sobre a implementação de manuais de conduta e de um programa de compliance que consiga minimizar as chances de desvios comportamentais e éticos. Neste painel, renomados profissionais irão debater o tema e sugerir ações práticas de melhoria e aperfeiçoamento de processos para as empresas e entidades públicas.


Baixar apresentações
  • 10:45 - 11:00

Coffee Break

Workshop Tarde
  • 13:30 - 17:30

WORKSHOP D - Do planejamento ao report de uma investigação interna de compliance

Com o fortalecimento dos programas de Compliance e amadurecimento da posição de compliance nas companhias, o tema “Investigações Internas” assume uma importância fundamental, pois não apenas pode significar o cumprimento dos termos da nova lei anticorrupção, como pode evitar multas vultuosas pelos órgãos de controle, seja decorrente da lei local ou de leis internacionais anticorrupção. Nesse contexto, o adequado tratamento das denuncias e a condução de uma investigação interna seguindo as melhores práticas internacionais é fundamental para o sucesso do programa de compliance.


  • 13:30 - 17:30

WORKSHOP E - Os programas de compliance e a certificação ISO 37001

A International Organization for Standardization (ISO) criou a ISO 37001 (Anti-Bribery Management System), norma certificável que trata de programas de compliance antissuborno.

Os requisitos da ISO 37001 podem ser aplicáveis a qualquer organização, independentemente do tipo, tamanho e natureza da atividade, seja do setor público, privado ou sem fins lucrativos. Seu principal objetivo é apoiar as organizações a combaterem o suborno por meio de uma cultura de integridade, transparência e conformidade com as leis e regulamentações aplicáveis, com os requisitos definidos pela ISO 37001 e pela própria organização, por meio de políticas, procedimentos e controles adequados para gerenciar os riscos relativos ao suborno. Esse workshop abordará os aspectos teóricos e práticos dessa norma.


Baixar apresentações
  • 13:30 - 17:30

WORKSHOP F - Workshop de gestão de departamentos jurídicos e de compliance

O papel do jurídico nas empresas está crescendo, por uma série de fatores. Em primeiro lugar, porque os negócios estão cada vez mais regulados. Em segundo, porque o compliance é uma prática que veio para ficar nas companhias e sua implantação passa pelo time interno de advogados. Em terceiro, porque as empresas estão começando a valorizar o jurídico como parceiro nas estratégias comerciais.

Entender os diversos aspectos envolvidos na gestão eficaz de um departamento jurídico, pode impactar positivamente os resultados da empresa, bem como alavancar o desempenho profissional e gerar benefícios para toda organização.


Baixar apresentações
  • 13:30 - 17:30

WORKSHOP H - Workshop do Compliance Immersion

A LEC realizou nos dias 14 e 15 de janeiro o primeiro Compliance Immersion, e alcancou um resultado extremamente satisfatorio. Como forma de trazer essa experiencia para os participantes do congresso, desenvolvemos esse workshop do Compliance Immersion. O Compliance Immersion foi Idealizado a princípio para os alunos do Curso de Compliance Anticorrupção Online, e como o nome já diz, é uma verdadeira imersão no universo do Compliance, com aulas praticas e debates sobre alguns dos principais temas de compliance, com a participação de diversos compliance experts da LEC. E, ainda, os participantes terão a oportunidade de desempenhar algumas das funções que fazem parte do dia a dia de um compliance officer, em workshops especialmente desenvolvidos para o evento. Se você precisa implementar ou aperfeiçoar um programa de compliance, este workshop foi feito especialmente para você.


• GESTÃO DE CRISES E CONTINUIDADE DOS NEGÓCIOS
• COMPLIANCE DIGITAL
Baixar apresentações
  • 13:30 - 17:30

WORKSHOP J - Compliance no setor de infraestrutura

O Brasil assiste hoje estarrecido às revelações trazidas a público pela mídia a respeito das investigações da chamada ‘Operação Lava Jato’. Além do núcleo político, a grande maioria das empresas alegadamente envolvidas no escândalo são empresas de engenharia, empresas de construção, empresas de infraestrutura ou empresas que, de alguma forma ou de outra, fazem parte da cadeia de valor ou estão ligadas ao setor.

Vários países, entre eles os Estados Unidos, através do Foreign Corruption Practice Act, e o Reino Unido, através do British Bribery Act, já têm há alguns anos uma rigorosa legislação específica para a questão da corrupção. No Brasil, a Lei 12.846 de 2013 bem como o instrumento da delação premiada trazem o potencial de revolucionar todo o setor de construção e de infraestrutura e até mesmo o país.

Neste workshop, renomados profissionais irão discutir as melhores práticas para o setor e como as empresas podem se preparar para enfrentar da melhor forma os desafios com o poder público.


Baixar apresentações
  • 15:45 - 16:00

Coffee Break

  • 07:45 - 08:45

Credenciamento

  • 08:45 - 09:00

Abertura do evento

  • 09:00 - 09:45

Ética é justamente a atividade de escolher o melhor caminho entre todos os possíveis.

No mundo do trabalho e no mundo da vida, a todo momento somos confrontados com a necessidade de escolher. A vida bem sucedida depende de uma adequada escolha dos principios e valores que vamos seguir. Ética é justamente a atividade de escolher o melhor caminho entre todos os possíveis.

  • 09:45 - 11:00

O combate à corrupção não possui mais fronteiras. Como funciona a cooperação internacional entre os órgaos públicos e entre as nações?

O ano de 2016 pode ser considerado como um marco no combate à corrupção e enforcement no Brasil. No exterior também observamos desdobramentos importantes, sobretudo, focados na persecução de pessoas físicas dos executivos investigados por corrupção.


Baixar apresentações
  • 11:00 - 11:15

Coffee break

  • 12:00 - 13:00

O equilibrio da imprensa no combate da corrupção.

Entre a pressão da sociedade e o devido processo legal, a imprensa tem o papel fundamental de filtrar as informações e apresentar fatos baseados não apenas no desejo de punição, mas também de entender o devido processo legal.

  • 13:00 - 14:00

Almoço

  • 14:00 - 15:15

As Certificações de Compliance e o desafio de comprovação da eficiência do programa de compliance.

Quem não gosta de ter o seu trabalho reconhecido? E se esse reconhecimento diz respeito a um tema tão em voga e tão sensível no atual momento do Brasil, como é a questão da ética e do combate à corrupção, o valor passa a ser ainda mais especial. Esse painel debaterá sobre o Selo Pró-Ética, as certificações em compliance existentes e os desafios encontrado para se comprovar a eficiência do programa de compliance.

  • 15:15 - 16:30

O momento econômico e político da América Latina e o desafio de gestão de um programa de compliance único em âmbito regional.

A corrupção na América Latina é facilitada pela reduzida accountability, por escassos mecanismos de controle dos governos e parlamentares, pela presença de lideranças com perfis neopopulistas, e por normas pouco eficazes para o financiamento da política eleitoral. Com este cenário, o painel abordará a perspectiva de gerenciamento de um único programa de compliance para as companhias até 2020 e a busca de alternativas visando a manutenção da integridade empresarial.

  • 16:30 - 16:45

Coffee break

  • 16:45 - 18:00

Compliance Due Diligence em Operações de M&A

Discutir os desafios, considerações e riscos que são enfrentados em Compliance Due Diligence em transações de M&A. O painel debaterá dicas práticas e soluções para realizar esses testes de compliance due diligence, bem como as formas de valorizar esses ativos e mitigar os riscos associados. Best practices relacionadas a integração efetiva do programa de compliance e questões éticas da empresa adquirida.

  • 18:00 - 19:00

Como as companhias estão desenvolvendo métricas razoáveis para medir a eficácia do programa de compliance

Esse painel terá o foco de debater como as expectativas do governo em relação a compliance e as ações de imposição do FCPA tem afetado as métricas que se mostraram úteis no contexto da medição de atualizações de compliance e mudanças culturais. A eficácia e deficiências de determinadas métricas, tais como comunicação, liderança, RH, inovação, desempenho no trabalho, responsabilidade, missão, valores, volume de negócios, despesas de conformidade e representação da equipe de compliance no C-Suite Como as empresas estão usando tecnologias, mídias sociais e grandes dados para medir o compliance e a cultura, medir o ROI do seu programa global de combate à corrupção e da cultura ética.

  • 07:45 - 08:45

Credenciamento

  • 08:45 - 09:00

Abertura do evento

  • 09:00 - 10:15

Tone at The Top - O primeiro ingrediente de um programa de compliance

O Tone at the top - define o guia de valores e o clima ético de uma organização. Adequadamente alimentado e nutrido, é a base sobre a qual a cultura de uma empresa é construída. Em última análise, é a cola que mantém uma organização unida. Neste painel você terá a possibilidade de ouvir diferentes formas da alta administração incorporar a cultura de transparência e integridade na operação das empresas.

  • 10:15 - 10:30

Coffee break

  • 10:30 - 11:45

Auditoria Externa x Interna x Compliance - Como funciona essa equação?

Como deve ser a comunicação e a interação do departamento de compliance com os auditores externos e internos? Qual o papel de cada um quando falamos de denuncias, riscos, fraudes e corrupção? Quando existe a obrigação de reportar uma investigação interna para o auditor externo? Essas entre outras questões serão abordadas nesse painel.

  • 11:45 - 13:00

As investigações de Compliance no novo cenário politico do Brasil

Tem se observado um grande aumento na necessidade de condução de investigações internas, tendência atrelada, principalmente, à implantação da Nova Lei Anticorrupção Brasileira, mas também à mudança da cultura e consciência dentro das grandes corporações. Este painel debaterá com base em um CASE os desafios enfrentados na condução das investigações de compliance alinhada com o novo cenário político do Brasil.

  • 13:00 - 14:00

Almoço

  • 14:00 - 15:00

O Compliance no Mundo dos Investimentos. Como as crises econômicas dos últimos anos impactaram na relação entre investidores e agentes de mercado sob a ótica de controles internos?

Em um setor que já lida com exigências de controles internos desde a crise de 29, quais os avanços obtidos nas ultimas décadas? Como os reguladores reagiram à crise de 2008, e quais os impactos dessa reação no momento atual? Regras de lavagem de dinheiro, suitability, exigências internacionais (Dodd Frank e AIFMD) e controles realistas tornaram-se parte da rotina de participantes do mercado. Os custos de compliance oriundos destas exigências tem sido objeto de discussões, e o painel levantará questões relevantes na adequação dos programas de compliance financeiro a esta nova realidade mundial.

  • 15:00 - 16:00

Como conciliar o compliance com a legislação trabalhista?

Neste painel serão discutidos os tópicos abaixo, entre outros:
• Quais são as circunstâncias em que a empresa é obrigada a manter o emprego do colaborador, não obstante sua conduta e como gerenciar os riscos associados?
• Abordar as limitações das leis de privacidade estrangeiras e brasileiras sobre sua capacidade de colaborar com o Governo.
• Trabalhando com agências estrangeiras para lidar com conflitos de leis.
• Cumprimento das leis trabalhistas (estrangeiras e brasileira) ao decidir suspender o emprego do colaborador.


Baixar apresentações
  • 16:00 - 16:30

Coffee break


* Painéis e horários sujeitos à alterações

Realização
Patrocínio Silver
Patrocínio Gold Lawyer
Apoio Silver Lawyer
Apoio